Início » Vamos de brunch? Como criar um cardápio simples e delicioso
Comes e Bebes

Vamos de brunch? Como criar um cardápio simples e delicioso

brunch

Receber pessoas e organizar um evento pode ser uma tarefa trabalhosa, especialmente para quem vai ficar responsável pela parte da cozinha.

Por isso, pensar em uma alternativa que seja igualmente saborosa e simples pode ser a melhor saída.

O brunch é uma dessas opções que qualquer chef de cozinha, iniciante ou experiente, pode ajudar a organizar. Que tal conhecer o que é o brunch e como criar um cardápio simples e delicioso para esse evento? Continue com a gente e confira!

O que é brunch?

O termo brunch é a junção das palavras inglesas breakfast e lunch, que em português significam café da manhã e almoço. E a refeição significa exatamente isso: é realizada no horário de transição entre o café da manhã e o almoço. Assim sendo, ela tem uma pegada mais informal.

Exatamente por isso, o horário do brunch também é tradicionalmente a partir das 11h, o que possibilita pegar o final do café da manhã e o começo do horário de almoço, podendo se estender até as 15h ou 16h.

Com qual tipo de evento o brunch combina?

Por ser um evento informal, diurno e com pratos que intercalam entre ideais para a manhã ou para a parte da tarde, o brunch é sempre uma escolha para encontros e celebrações que permitem esse tipo de descontração e leveza.

Eventos ao ar livre, por exemplo, são perfeitos para brunchs. Celebrações em família como Dia das Mães, Dia dos Pais, casamentos, bodas e reuniões também combinam muito bem com esse tipo de modalidade.

Além disso, um brunch é fácil de ser organizado tanto para um grande número de convidados quanto para uma reunião mais discreta. O segredo de tudo é a escolha de pratos simples porém saborosos.

O que tradicionalmente é servido em um brunch?

Um brunch normalmente serve pratos que combinam com o café da manhã, mas que podem ser bem recebidos no almoço e vice-versa. Por isso, é muito comum encontrar pães, frios, queijos e frutas e também ovos, tortas e doces em um mesmo evento.

Para criar um cardápio para o seu brunch, é preciso saber exatamente onde você pode criar e o que deve evitar para esse tipo de refeição.

Como montar um cardápio para brunch?

Para ajudá-lo a organizar o seu primeiro brunch, preparamos uma listinha básica de pratos e alimentos que precisam estar no seu cardápio. Veja nossas sugestões abaixo:

– Pães — croissants, pães franceses, pão de queijo e pães artesanais;

– Frios — salame, copa, peito de peru, presunto e parma;

– Queijos — mussarela, brie, parmesão, emmental, requeijão em barra, cream cheese, provolone, prato, queijo branco e mussarela de búfala;

– Confeitaria — bolos, madalenas, sonhos, tortas doces, doces de frutas e mousse;

– Tortas e quiches — frias ou quentes, com recheio de carne ou vegetais, para todos os gostos;

– Pratos quentes — ovos mexidos, omeletes, ovos benedict, torradas e canapés;

– Vegetais — folhas e legumes (frescos e refogados);

– Frutas — morango, mamão, laranja, melão, todos os tipos de berries, kiwi, manga e carambola;

para passar nos pães — patês, geleias e manteiga;

– Bebidas — sucos naturais, água, vitaminas, iogurte, café, leite, chá e, é claro, as tradicionais mimosas (drink feito com champanhe e suco cítrico que, no geral, é de laranja).

A escolha de quais pratos e alimentos você vai servir pode variar com o seu tipo de público ou até com o clima da época — que pode exigir opções mais refrescantes ou mais quentes.

Então, agora que você já sabe tudo sobre brunch, está pronto para montar o seu cardápio para esse evento? Aproveite que está por aqui e não se esqueça de conferir as receitas do ArtKulinaria para deixá-lo ainda mais requintado e saboroso!